O primeiro avião com o carregamento da deixou Guarulhos, em São Paulo, nesta segunda-feira (18), rumo a . O secretário de Saúde de , Geraldo Resende, foi para a cidade ainda na noite de domingo (17), após a deliberação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que aprovou o uso emergencial da Coronavac e da vacina Astrazeneca, que será produzida na .

Antes de chegar na Capital, a aeronave passa em Florianópolis (SC) para deixar o carregado destinado ao estado. O Governo de Mato Grosso do Sul estima que a chegada será às 13 horas (horário local) em Campo Grande, na Base Aérea. Um segundo avião deve levar doses para Goiás e Ceará, em seguida. Assim por diante, os demais estados vão recebendo, seja por aeronave ou caminhões.

Mais cedo, o secretário Geraldo Resende afirmou que os titulares de Saúde e governadores formalizaram ato simbólico conjunto, para vacinação da primeira pessoa nos respectivos estados às 17 horas (horário de Brasília).

Mato Grosso do Sul esperava, até este domingo, receber pelo menos 97 mil doses. No entanto, conforme informou o Ministério da Saúde, confirmado pela secretaria de MS, nesta segunda-feira, o Estado receberá 158.766 mil doses.

(Com informações do Governo do Estado, Secretaria de Saúde e CNN).