Cotidiano

Mato Grosso do Sul vai receber 158.766 doses da Coronavac nesta segunda

Mato Grosso do Sul espera 158.766 doses da vacina contra o coronavírus, segundo a SES-MS (Secretaria Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul). O secretário de Saúde Geraldo Resende embarcou para São Paulo para buscar as doses e iniciar o Plano Estadual de Vacinação. A distribuição ocorre um dia após a deliberação da Anvisa (Agência […]

Mayara Bueno Publicado em 18/01/2021, às 08h14 - Atualizado às 15h26

Tabela divulgada pelo Ministério de Saúde.
Tabela divulgada pelo Ministério de Saúde. - Tabela divulgada pelo Ministério de Saúde.

Mato Grosso do Sul espera 158.766 doses da vacina contra o coronavírus, segundo a SES-MS (Secretaria Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul). O secretário de Saúde Geraldo Resende embarcou para São Paulo para buscar as doses e iniciar o Plano Estadual de Vacinação. A distribuição ocorre um dia após a deliberação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária)que aprovou o uso emergencial da Coronavac e da vacina Astrazeneca, que será produzida na Fiocruz.

De acordo com o Ministério da Saúde, a Força Aérea Brasileira vai fazer a entrega nos pontos focais e os estados fazem a distribuição local. Na tabela da pasta federal, o público-alvo da primeira fase de imunização em MS é formado por 75.597 pessoas. A vacinação está prevista para ter início na quarta-feira (20).

Até então, o anúncio eram de 97 mil doses, mas o Ministério de Saúde divulgou tabela com a quantidade prevista para cada estado brasileiro. Na primeira etapa serão vacinados os idosos com mais de 60 anos que moram em instituições como casas de repouso, além de indígenas e trabalhadores da área da saúde que estão na linha de frente contra a pandemia de Covid-19.

Em Mato Grosso do Sul, a chegada, ainda sem horário definido, será no Aeroporto Internacional de Campo Grande. A Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal farão a escolta do caminhão até o pátio da Coordenação Estadual de Vigilância Epidemiológica (Ceve). Geraldo Resende explicou que todos os municípios receberão o imunizante em até 48 horas após o desembarque. A distribuição dentro do Estado será feita pelo Corpo de Bombeiros e pelas Polícias Civil e Militar.

Jornal Midiamax