Cotidiano

Coronavírus: 1º dia sem aula tem trânsito livre e ônibus menos lotados em Campo Grande

O primeiro dia com aulas suspensas devido ao novo coronavírus em Campo Grande deixou motoristas surpresos com a fluidez do trânsito em pontos tradicionalmente movimentados. Nesta quarta-feira (18), trechos das ruas Arthur Jorge, Amazonas e da 25 de Dezembro – rota de muitas escolas públicas e particulares da região central – não apresentaram o movimento […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 18/03/2020, às 08h13 - Atualizado às 13h14

Foto: Marcos Ermínio | Midiamax
Foto: Marcos Ermínio | Midiamax - Foto: Marcos Ermínio | Midiamax

O primeiro dia com aulas suspensas devido ao novo coronavírus em Campo Grande deixou motoristas surpresos com a fluidez do trânsito em pontos tradicionalmente movimentados. Nesta quarta-feira (18), trechos das ruas Arthur Jorge, Amazonas e da 25 de Dezembro – rota de muitas escolas públicas e particulares da região central – não apresentaram o movimento que era comum nos dias normais.

Por outro lado, um pouco mais cedo, a movimentação de veículos nas ruas era semelhante ao normal e ônibus estavam cheios, principalmente as linhas que saiam das regiões periféricas, como Moreninhas, Paulo Coelho Machado e Los Angeles.

A linha 070, uma das que costumam estar mais cheias, teve leve diminuição na lotação. Os terminais de ônibus também tiveram movimentação normal entre 6h e 6h30 desta quarta-feira.

O esvaziamento de espaços públicos é esperado após a Prefeitura de Campo Grande e o Governo do Estado de MS suspenderem o calendário escolarcomo forma de conter o avanço do coronavírus no Estado. Vários outros serviços públicos e até serviços comerciais ou suspenderam ou mudaram regime de funcionamento para evitar aglomerações, o que praticamente impõe uma espécie de autoquarentena aos sul-mato-grossenses.

O último boletim epidemiológico do novo coronavírus em MS apontou 6 casos confirmados e 112 notificações de casos suspeitos, dos quais 26 seguem sob investigação.

Jornal Midiamax