A JBS negou, nesta segunda-feira (13), a denúncia de que funcionários continuam trabalhando após resultado positivo dos testes de coronavírus, no frigorífico de Sidrolândia, a 70 quilômetros de distância de Campo Grande.  

Conforme a denúncia, cerca de três colaboradores testaram positivo para o vírus. “Meu filho trabalha lá e na mesa que trabalha, três testaram positivo. Estão encobrindo para não saber o que está acontecendo lá”, disse a reclamante, que preferiu não se identificar.  

A assessoria de imprensa da rede informou que não podem comentar o número de colaboradores afastados pela doença. As unidades têm duas triagens, em que os funcionários devem passar antes de iniciar o serviço., 

“Os colaboradores passam por duas triagens antes de entrar na linha de produção, e se tiver qualquer sintoma de gripe é dispensado na mesma hora, qualquer sintoma de gripe/Covid, por isso, quando o teste chega a dar positivo, o colaborador já está afastado há dias”, ressaltou a assessoria.  

A JBS também afirmou que está seguindo o protocolo de controle e prevenção da doença em suas unidades, como afastamento de funcionários do grupo de risco, informação e conscientização, ampliando frota de ônibus para o transporte dos colaboradores, aferição de temperatura, disponibilização de produtos de higiene, desinfecção interna e externa, distanciamento entre colaboradores e uso de EPI (Equipamento de Proteção Individual). 

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax 

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.