Depois que o Governo do Estado declarou situação de emergência em virtude dos incêndios que atingem o Pantanal, todas as autorizações de queimadas controladas na região foram suspensas por um período de 180 dias. A medida está em vigor desde sexta-feira (24), quando foi publicado decreto de situação de emergência ambiental na área do Pantanal de Mato Grosso do Sul.

O secretário Jaime Verruck, da Semagro explica que, atendendo aos pedidos, o Governo Federal garantiu todo apoio operacional a nova força-tarefa que entrou em operação já no fim de semana. Foram pedidos um helicóptero do Ibama e um avião Hércules, e um helicóptero Pantera do Exército para transporte dos brigadistas às áreas de difícil acesso.

Corpo de Bombeiros, brigadistas do Ibama, além da Polícia Militar Ambiental (PMA), que investiga a origem dos focos já estão em campo.

Aeronaves ajudam no combate ao fogo

Uma aeronave de grande porte da Força Aérea Brasileira, o Hércules C-130, vai ajudar no combate aos incêndios que geram fumaça na área urbana de Corumbá, a 425 km de Campo Grande. A estratégia foi montada durante uma reunião na manhã de domingo (26).

Segundo informações divulgadas pelo Prevfogo do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), serão utilizadas duas aeronaves, uma que levará os Brigadistas do Prevfogo e do Corpo de Bombeiros o mais próximo possível das chamas e outra realizará lançamentos de água. Há a previsão do Hércules C-130, aeronave de grande porte da Força Aérea Brasileira, capaz de lançar até 12 mil litros de água, realizar lançamentos ainda neste domingo (26) também.