Cotidiano

Com 30 mortes em 24h, MS soma 2,3 mil óbitos e 132,4 mil casos confirmados de coronavírus

Mato Grosso do Sul já soma 132.431 casos confirmados de Covid-19, com 1.581 novos registros nesta quarta-feira (30). Foram registrados mais 30 óbitos, este é o segundo maior número de mortes registradas em apenas 24 horas, segundo a SES (Secretaria de Estado de Saúde). Com base nos números, a média móvel no Estado foi calculada […]

Mylena Rocha Publicado em 30/12/2020, às 11h29 - Atualizado às 17h10

 Foto: Henrique Arakaki | Jornal Midiamax
Foto: Henrique Arakaki | Jornal Midiamax - Foto: Henrique Arakaki | Jornal Midiamax

Mato Grosso do Sul já soma 132.431 casos confirmados de Covid-19, com 1.581 novos registros nesta quarta-feira (30). Foram registrados mais 30 óbitos, este é o segundo maior número de mortes registradas em apenas 24 horas, segundo a SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Com base nos números, a média móvel no Estado foi calculada em 1.035 casos por dia, nos últimos 7 dias. O boletim traz que nas últimas 24 horas foram registrados 30 óbitos, elevando o total de vítimas fatais em MS para 2.300 e a média móvel em 24,3 óbitos por dia, nos últimos 7 dias, além de taxa de letalidade de 1,7%.

Os novos óbitos foram registrados em Campo Grande (16), Dourados (2), Anastácio (1), Bela Vista (1), Caarapó (1), Corumbá (1), Coxim (1), Iguatemi (1), Japorã (1), Juti (1), Maracaju (1), Naviraí (1), Ponta Porã (1), Três Lagoas (1). 

A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 462.927 casos notificados, dos quais 322.047 foram descartados. Há 1.817 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 6.632 casos sem encerramento pelos municípios.

Internações e taxas de ocupação de leitos

Dos 132.431 casos confirmados em MS, 115.155 já estão recuperados. Em relação às internações, MS tem 663 pacientes internados. Destes, 350 estão em leitos clínicos (225 públicos e 125 privados) e 313 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 219 estão em leitos públicos e 94 em privados.

A taxa de ocupação de leitos de UTI públicos global nas 4 macrorregiões de MS é de: 103% em Campo Grande, 83% em Dourados, 68% em Três Lagoas e 75% em Corumbá. O excedente da capacidade em Campo Grande representa pacientes em leitos COVID-19 ainda não habilitados pelo SUS, mantidos pelas secretarias municipais e estadual de saúde.

A taxa de contágio está calculada em 1,10 – a meta da SES é alcançar uma taxa menor que 1, que significa controle da doença.

Jornal Midiamax