O surgimento de 3 casos positivos de coronavírus e a suspeita de mais infectados no Centro de Distribuição dos Correios em Corumbá –a 419 km de Campo Grande– levou ao fechamento da unidade nesta terça-feira (21), como forma de conter o contágio de mais servidores. A situação foi denunciada pelo Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de Mato Grosso do Sul.

Presidente do sindicato, Elaine Regina de Souza Oliveira explicou ao Diário Corumbaense que, há mais de 15 dias foram denunciados casos suspeitos de coronavírus entre os funcionários do Centro de Distribuição, localizado na Rua Cuiabá, sendo cobradas medidas. Os casos aumentaram e, diante da ameaça de judicialização do caso, foram tomadas providências.

Até segunda-feira (20), dos 23 servidores da central, apenas 6 não estavam afastados. Conforme Elaine, foi feita informação direta aos trabalhadores que, com o fechamento, serão feitas testagem em todos os servidores e desinfecção do local.

Inicialmente, os Correios haviam anunciado o deslocamento de servidores de Campo Grande para Corumbá, a fim de manter a central aberta. A agência principal, na Rua Delamare, está funcionando normalmente.

Corumbá concentrou até a noite de segunda-feira 23 das 248 mortes por coronavírus no Estado. A cidade registrou até aqui 769 casos positivos, ante os 17.386 registrados até agora no Estado.