Cotidiano

Instrutores de atividades físicas da Funesp denunciam atraso de salário

Professores contratados pela Prefeitura de Campo Grande para integrarem o projeto Movimenta CG, da Funesp (Fundação Municipal do Esporte) afirmam que o pagamento dos salários de agosto ainda não foi depositado. A previsão era de que as quantias estivessem nas contas no início do mês. Porém, até o momento, as remunerações seguem atrasadas. “Todos os […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 24/09/2019, às 16h45 - Atualizado em 25/09/2019, às 07h55

Foto: Divulgação | Funesp
Foto: Divulgação | Funesp - Foto: Divulgação | Funesp

Professores contratados pela Prefeitura de Campo Grande para integrarem o projeto Movimenta CG, da Funesp (Fundação Municipal do Esporte) afirmam que o pagamento dos salários de agosto ainda não foi depositado. A previsão era de que as quantias estivessem nas contas no início do mês. Porém, até o momento, as remunerações seguem atrasadas.

“Todos os professores que dão aulas de atividade física nos parques estão sem receber. Alguns não têm nem como ir trabalhar e estão pedindo dinheiro emprestado. É uma situação de muito desrespeito com a gente”, comenta uma instrutora que pediu sigilo.

A reportagem acionou a Prefeitura de Campo Grande que confirmou o atraso e posicionou que os pagamentos devem ocorrer nesta sexta-feira (27). “A situação atípica ocorreu por conta dos contratos novos, mas será solucionada nesta semana. Importante ressaltar que todos os professores receberão os dias trabalhados e que o problema não se repetirá nos próximos meses”, traz a nota.

Jornal Midiamax