Prefeitura terceiriza serviço de transporte e servidores lamentam

Atualmente, o serviço é feito em plantões de funcionários
| 09/03/2018
- 20:33
Prefeitura terceiriza serviço de transporte e servidores lamentam

Atualmente, o serviço é feito em plantões de funcionários

A irá terceirizar o transporte de exames e materiais biológicos. Atualmente, o serviço é feito pelos funcionários públicos em plantões e a medida não foi bem recebida entre os servidores. De acordo com informações da Prefeitura, o processo está em fase de elaboração e até a contratação de uma empresa, o transporte continuará a ser feito pelos funcionários da Sesau (Secretaria de Saúde Pública).

A do transporte foi informada ao Jornal Midiamax por meio de uma funcionária pública da Sesau, que preferiu não se identificar. Segundo ela, o serviço é feito nos plantões dos servidores e, assim como ela, muitos retiram boa parte de sua renda com o trabalho extra. “Esses plantões salvam meu salário, que é baixo, e assim consigo dar vida digna aos meus filhos. Se sempre funcionou assim, se a prefeitura consegue atender a população beneficiando seus servidores, por que passar para uma empresa privada e ter que pagar a outros algo que pagamos para nossos servidores?”, questiona. Prefeitura terceiriza serviço de transporte e servidores lamentam

O serviço é feito por motocicletas da Sesau e, de acordo com a Prefeitura, o transporte do material biológico coletado nas unidades de saúde deve atender as normas de qualidade e segurança bioquímica. A justificativa da terceirização é diminuir a perda de exames.

“Espera-se a diminuição da perda de material biológico coletado que tem apresentado inconformidades técnicas para a concretização do exame, como, por exemplo, temperatura em desacordo com a tolerância máxima permitida para o procedimento laboratorial”.

Ainda não há informações sobre o custo da contratação de uma empresa para fazer o transporte dos exames. A Prefeitura afirma que após a mudança, os profissionais poderão atender em outros setores e serviços.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

Os leitores reportaram a denúncia através do WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

(Foto: Ilustrativa)

Veja também

Além da eventual reparação na esfera trabalhista, o réu foi denunciado pelo MPMS pelo crime de calúnia

Últimas notícias