Médico que teve 93% do corpo queimado morre após 13 dias na Santa Casa

Acidente com gás teria provocado queimaduras 
| 24/04/2017
- 13:56
Médico que teve 93% do corpo queimado morre após 13 dias na Santa Casa

Acidente com gás teria provocado queimaduras 

O médico Estevão Barbosa da Cruz, 28 anos, morreu por volta das 19h40, do último domingo (23), após 13 dias de internação no CTI (Centro de Terapia Intensiva) da Santa Casa de Campo Grande. Estevão, era um dos coordenadores da , e deu entrada no hospital após ter mais de 90% do corpo queimado, no dia 10 deste mês. 

Segundo familiares relataram à Polícia Civil, em boletim de ocorrência, o médico sofreu queimaduras por causa de um acidente doméstico com gás de cozinha.

Na noite de 9 de abril, Estevão estava em assando pão caseiro quando adormeceu no sofá. Ele acordou sentindo cheiro de gás e quando foi verificar, acendeu a luz da cozinha e ocorreu explosão no cômodo. 

O próprio médico conseguiu ligar para a família e foi socorrido para o hospital da Unimed, onde recebeu os primeiros atendimentos e medicação. Posteriormente, foi encaminhado para o setor de queimados da Santa Casa, referência neste tipo de tratamento no Estado. 

Foto: Jessica Barbosa/Governo do Estado

Veja também

Na Vila Fernanda, equipe castrou mais de 200 cães da região

Últimas notícias