Cotidiano

Mãe vai à maternidade, é mandada para casa e bebê nasce na calçada de UPA

Médico teria pedido exames

Midiamax Publicado em 08/05/2017, às 20h42

None
_mg_8126_-_capa.jpg

Médico teria pedido exames

Uma mulher de 24 anos entrou em trabalho de parto próximo da Unidade de Pronto Atendimento Coronel Antonino, em Campo Grande, na tarde desta segunda-feira (8). Maria Madalena Ojeda buscava atendimento depois de sentir fortes dores durante a madrugada.

A mãe, Maria Ester Ojeda, 63 anos, estava com a filha quando ela entrou em trabalho de parto e foi atendida por uma viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que passava próximo do local. 

A mãe contou que antes de ir para a UPA elas já tinham passado pela Maternidade Cândido Mariano e que o médico tinha examinado a moça e informado que a criança não ia nascer naquele momento. “Ele disse que não estava na hora da criança nascer e que ela devia passar por um ultrassom, ir para casa e voltar lá depois do exame feito” disse a mãe da jovem.

Não deu para esperar

Como as dores continuavam, elas foram para a UPA Coronel Antonino e foram orientadas a ir para a Santa Casa. Enquanto o marido procurava por um táxi, a jovem sentou-se sentou-se na calçada e acabou tendo o filho ali. Ela foi orrida por uma equipe do Samu, que levou a menina para dentro da UPA. 

Mãe e bebê estavam bem e após os primeiros atendimentos na unidade, eles foram encaminhadas para a Santa Casa. A equipe do Jornal Midiamax entrou em contato com a Maternidade Cândido Mariano e não obteve resposta até a publicação desta matéria sobre o atendimento dado à gestante.

Jornal Midiamax