Cotidiano

Depois de denúncia de maus-tratos, policial usa Facebook para ajudar idoso

Objetivo é conseguir cama hospitalar

Midiamax Publicado em 05/08/2017, às 12h26

None

Objetivo é conseguir cama hospitalar

Em Dourados – cidade a 225 quilômetros de Campo Grande – uma denúncia de maus-tratos resultou em um gesto de solidariedade. Um policial civil usou o Facebook pedir ajuda a um idoso acamado há quatro anos. 

Erasmo Martins Gonzales, de 49 anos, policial civil que atendeu a ocorrência , diz que a denúncia de maus-tratos contra o idoso Expedito Soares de Lima, de 70 anos, não passava de um equívoco. 

“Recebemos a denúncia de que o idoso era vítima de maus-tratos, mas quando chegamos ao local, constatamos que ele é bem tratado pela família, mas que tem alguns hematomas porque passa muito tempo deitado em uma cama inadequada”, explica.​Depois de denúncia de maus-tratos, policial usa Facebook para ajudar idoso

Fabiano Rocha de Lima, de 35 anos, é filho de Expedito. Ele explica que o pai ficou acamado depois de sofrer fraturas no fêmur.   Se condições financeiras, a família não conseguiu comprar a cama hospitalar. 

“Ficamos muito tristes em ver a situação do meu pai. Fazemos tudo o que podemos, mas não temos muitas condições financeiras. Ele precisa de uma cama hospitalar e não temos dinheiro para isso”, lamenta.

Apesar do apelo nas redes sociais a cama hospitalar ainda não foi adquirida. Interessados em ajudar podem entrar em contato pelos telefones: (67) 99646-1359 ou (67) 99846-6403.

Jornal Midiamax