Avião que caiu e matou 2 é do pai do piloto e investigação será feita pela PF

Vítimas são de Itajá, cidade de Goiás
| 15/04/2017
- 19:56
Avião que caiu e matou 2 é do pai do piloto e investigação será feita pela PF

Vítimas são de Itajá, cidade de Goiás

As investigações sobre o acidente aéreo que matou Otávio Borges Rodrigues, 31 anos, e Luiz Henrique Garcia Ferreira, 29 anos, na última sexta-feira (14), em Cassilândia, a 430 quilômetros de Campo Grande, devem ficar a cargo da Policia Federal e do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos). As vítimas são de Itajá, cidade de Goiás que fica a aproximadamente 20 quilômetros de Cassilândia.

De acordo com o delegado Rodrigo de Freitas, a Polícia Civil já realizou perícia no local, porém, não é possível falar sobre as causas do acidente. Os resultados serão remetidos para à Polícia Federal de Três Lagoas. Segundo a autoridade policial, até o momento foi confirmado que não houve explosão e nem falta de combustível. No tanque do avião havia combustível para pelo menos mais três horas de voo.

Ainda conforme Freitas, as informações colhidas com testemunhas, até o momento, indicam que o avião é do pai de Otávio, que pilotava a aeronave.

Logo após o acidente aéreo, foi informado que duas mulheres acompanhavam os jovens e que, elas haviam estado em voo momentos antes da queda. Uma delas, seria familiar de uma das vítimas. O grupo estaria fazendo um passeio pela região. Consta ainda que uma das testemunhas chegou a ver o acidente. A Polícia Civil deve ouvir o depoimento das testemunhas.

Os corpos dos jovens foram resgatados ainda na madrugada deste sábado (15) e já foram encaminhados para Itajá. A prefeitura da cidade decretou luto e cancelou festividades de uma feira local e de um festival de peixe. O sepultamento está marcado para a tarde deste sábado. 

Veja também

A PMA (Polícia Militar Ambiental de São Gabriel do Oeste captura serpente em ferro velho...

Últimas notícias