Cotidiano

Adolescentes de 13 e 17 anos desaparecem depois de saírem de escola no Tijuca

Jovens foram vistos pela última vez em ônibus

Midiamax Publicado em 12/05/2017, às 12h10

None

Jovens foram vistos pela última vez em ônibus

Wenderson Correa da Silva Júnior, de 13 anos, e João Vitor Vieira dos Santos Ricalde, de 17 anos, alunos da Escola Blanche dos Santos Pereira, localizada no Jardim Tijuca, desapareceram na quinta-feira (11) depois de serem vistos em um ônibus da linha 302 que segue em direção ao Bairro Caiobá, onde o adolescente mais novo mora com a família. 

Jocylene Paes de Barros Cândia, de 30 anos, mãe de Wenderson, diz que foi informada por colegas de escola do filho, que ele teve um desentendimento com uma garota e durante a discussão prometeu que sumiria. Por volta das 17h20 ele foi visto no ônibus na companhia de Ricalde.

“Meu filho nunca saiu de casa sem avisar e não acredito que ele faria isso, mas me disseram que ele brigou com essa menina que ele gosta e disse para ela que sumiria, além disso, soube que ele está com esse outro colega que já desapareceu outras vezes”, declara.

O desaparecimento de Wenderson foi registrado na noite de ontem na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga e, desde então, fotos do menino circulam nas redes sociais.Adolescentes de 13 e 17 anos desaparecem depois de saírem de escola no Tijuca

Na manhã desta sexta-feira (12), os pais de Ricalde registraram um boletim de ocorrência na 6ª Delegacia de Polícia Civil, localizada no Jardim Tijuca. A mãe do adolescente confirma que o filho já sumiu outras vezes. 

“Teve uma vez que ele saiu de casa e voltou só de madrugada, às 3 horas. Espero que seja apenas uma aventura de adolescente”, declara.  

Informações sobre o paradeiro dos adolescentes podem ser informados à polícia ou à mãe de Wenderson pelo telefone: (67) 99625-5293.

Jornal Midiamax