Moradores de bairro na capital têm aparelhos danificados após raio

Descarga aconteceu no bairro Rita Vieira
| 22/05/2016
- 03:00
Moradores de bairro na capital têm aparelhos danificados após raio

Descarga aconteceu no bairro Rita Vieira

Uma descarga elétrica causada por um raio causou transtornos para a população do bairro Rita Vieira na tarde da última sexta-feira (21).  Os relatos dão conta de que vários aparelhos eletrônicos de moradores da Rua Delcides Mariano foram danificados.

De acordo com os moradores, não se sabe exatamente onde ocorreu a descarga, mas toda a rua foi comprometida. O Jornal Midiamax foi até o local e constatou os prejuízos, como o de Luiz Aparecido Viana, 53, que conta que a energia não chegou a cair, mas parte de seus eletrodomésticos foi danificada.

"Não chegou nem a acabar a luz, mas fez um 'regaço', os aparelhos foram tudo 'para a roça'. Todo mundo ligou na e eles agendaram a visita para o dia 25. Queimou minha tevê e o meu Xbox”, relatou.

Luiz também conta que estrondo do trovão causado pela descarga causou um grande susto em sua casa. “Parece que foi aqui dentro, o tempo tava normal. Quando começou a garoa, por volta das quatro da tarde, ninguém imaginava”, diz. “A mulher tava deitada na rede, pensa no susto”.

Vizinho de Luiz, Ademilson Assunção, 36, acredita que o raio atingiu sua antena de wifi, já que na região a conexão de internet é fornecida á rádio. Seu roteador de internet foi queimado. “Minha sogra me ligou, contando que minha filha entrou em choque. Eu estou achando que foi na minha antena do wifi”. A filha de Ademilson, Victória, de 8 anos, estava usando o computador quando aconteceu o impacto. “Eu só vi o clarão, aí fechei o olho e quando abri tinha só fogo”, conta a menina.

A esposa de Ademilson, Adriana Lino, estava no trabalho quando a descarga aconteceu e foi avisada pelo marido. “Eu estava dando aula. Quando ele foi me pegar na escola, me falou do que aconteceu em casa. Minha filha estava afobada, em estado de choque. Minha mãe estava na cozinha fazendo pão quando ouviu o barulho, e ela já é uma senhora, ficou meio tonta e começou a gritar pela Victória. Mas a Victória não respondia porque estava em choque”.

Ademilson aproveita para cobrar as autoridades. “Esta região foi inteira afetada: em um foi o portão, em outro foi a tevê, teve geladeira, aqui foi a tevê e o roteador. A rede tinha que ter estrutura, tinha que ter aterramento e acho que não tem. Mês passado a vizinha teve que trocar o portão, porque o motor dele quebrou numa situação parecida”.

A reportagem buscou contato com a Energisa, que não deu detalhes quanto à estrutura de aterramento na região, mas destacou que nos casos de prejuízo os usuários deverão entrar em contato com a concessionária por meio do telefone  0800 722 7272 ou das agências de atendimento para solicitar o ressarcimento.

O que fazer se seu equipamento for atingido por descarga elétrica?

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) recomenda, por meio da Resolução Normativa 414/10, que o consumidor deve fazer o pedido de ressarcimento ou conserto do equipamento danificado em até 90 dias, em casos de danos por descarga elétrica.

Devem ser informados quais foram os equipamentos avariados, e a empresa deve efetuar a vistoria em até 10 dias, a partir da data de solicitação. Para equipamentos de alimentação e medicamentos, o prazo é de um dia útil. A empresa tem 15 dias para encaminhar uma resposta por escrito, depois de feita a vistoria.

Se a empresa não efetuar a vistoria, o prazo é contado a partir da data de pedido do ressarcimento. Se o produto estiver na garantia, deve-se informar a empresa e solicitar que a vistoria seja efetuada com a assistência técnica autorizada do fabricante do equipamento. Depois do prazo de resposta, que tem máximo de 25 dias, a empresa tem mais 20 dias para restituir o valor, substituir ou reparar o produto.

(Com supervisão de Guilherme Cavalcante)

Veja também

Inscrições devem ser feitas presencialmente em Dourados

Últimas notícias