Dia 1º de junho de 2016

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a Ação/Omissão do Estado de Mato Grosso do Sul nos Casos de Violência Praticados Contra os Povos Indígenas de 2000 a 2015 marcou para o dia 1º de junho de 2016 a data para a leitura do relatório final.

O evento está previsto para iniciar às 14h, no Plenário Júlio Maia. Segundo a assessoria jurídica da CPI, a leitura será feita pelo deputado Renato Câmara (PMDB), suplente da deputada relatora Antonieta Amorim (PMDB), que está afastada por licença de saúde. Ainda de acordo com a assessoria, o relatório foi produzido pela equipe de Antonieta, que participou de todas as reuniões da CPI. A votação do relatório será no dia 9 de junho.

Os membros da CPI, presidente João Grandão (PT), Mara Caseiro (PSDB) vice-presidente e deputados Professor Rinaldo (PSDB) e Paulo Corrêa (PR) podem acompanhar ou não o voto do relator. De acordo com a assessoria, o presidente tem voto de minerva em caso de empate. O evento é aberto ao público e imprensa. A Assembleia Legislativa fica na Avenida Desembargador José Nunes da Cunha, Bloco 9, Parque dos Poderes.