Terceirizadas do HU denunciam empresa por descumprir direitos trabalhistas

As funcionárias prestavam serviços de limpeza para o HU de Dourados
| 21/07/2015
- 00:19
Terceirizadas do HU denunciam empresa por descumprir direitos trabalhistas

As funcionárias prestavam serviços de limpeza para o HU de Dourados

Dezesseis ex-funcionárias da Douraser Prestadora de Serviços e Comércio Ltda ME, que terceiriza serviços de limpeza para o Hospital Universitário de Dourados, estão denunciando que foram dispensadas do serviço, tendo como justificativa o fim do contrato de licitação da empresa, porém, segundo as funcionárias, a mesma ainda continua prestando serviço para o HU.

As terceirizadas denunciam ainda que não receberam o Fundo de Garantia, mesmo tendo sido dispensadas no dia 28 de maio. “Nós saímos da empresa já tem mais de 40 dias e até agora não conseguimos dar entrada no FGTS e nem no seguro desemprego. Essa empresa fica mexendo com a nossa cabeça, pois ficam fazendo todas nós de besta”, alega uma das funcionárias demitidas.

Ainda segundo as denúncias, a empresa havia agendando uma reunião com as terceirizadas nesta terça-feira (20), com intermediação do Sindicato que representa a categoria, porém desmarcou sem justificativa. O Steac/MS (Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Asseio e Conservação do Estado) alegou que as funcionárias nunca procuraram o Sindicato oficialmente e que tem conhecimento da situação por terceiros.

Ainda segundo o vice-presidente do Steac/MS, Ton Ferreira, a empresa comunicou ao Sindicato que está passando por uma situação financeira complicada e não dinheiro para pagar o FGTS das funcionárias, o que deve gerar uma ação trabalhista.

Sobre a Douraser continuar prestando serviço para o hospital, Ton explicou que a mesma conseguiu um contrato emergencial, mas não soube dar detalhes sobre o assunto.

A Douraser ainda não se pronunciou sobre o assunto.

 

Veja também

Últimas notícias