Cotidiano

Sobreviventes de acidente em que mãe e filhos morreram passam bem

Apenas uma das 5 vítimas foi transferida para a Capital

Midiamax Publicado em 24/06/2015, às 11h51

None
img-20150623-wa0072.jpg

Apenas uma das 5 vítimas foi transferida para a Capital

Quatro vítimas do acidente desta terça-feira (23), no qual três morreram em acidente causado por incêndio na BR-060, entre Nioaque e Sidrolândia, passam bem.

De acordo com o Hospital Dona Elmíria Silvério Barbosa, localizado em Sidrolândia, a 64 quilômetros a sudoeste de Campo Grande, Dayane Cristina Soares Lima, de 28 anos, e Jeuzimar Mendes de Araújo, de 34 anos, receberam atendimento médico e foral liberado no mesmo dia.

Já Herbert Lima, de 52 anos, e Rosa da Hora Silva, de 46 anos, estão em observação no hospital e após reavaliação receberiam alta médica ainda na manhã desta quarta-feira (24). Jorge Romero Fernandes, de 47 anos, foi transferido para a Santa Casa de Campo Grande.

Acidente

A condutora do carro onde estavam as crianças teria parado na via por conta da fumaça da queimada que impedia a visibilidade. Porém, um caminhão carregado de banana acabou colidindo com o automóvel. Com o impacto, o veículo foi arremessado para o meio do incêndio que ocorria nas margens da rodovia.

Simultaneamente uma Pajero que vinha em sentido oposto também parou na via por conta da fumaça, entretanto, a carreta de combustível que vinha logo atrás acabou atingindo a caminhonete.

As demais vítimas foram identificadas, como: Herbert Lima, de 52 anos, e a esposa, Dayane Cristina Soares Lima, de 28 anos, além de Rosa da Hora Silva, de 46 anos, Jorge Romero Fernandes, de 47 anos, e Jeuzimar Mendes de Araujo, de 30 anos, que foram encaminhados para o Hospital Dona Elmíria Silvério Barbosa, localizado em Sidrolândia, cidade a 64 quilômetros a sudoeste de Campo Grande.

Jornal Midiamax