Idoso internado em UPA morre à espera de vaga em hospital de Campo Grande

Paciente foi internado no dia 20 e morreu nesse sábado
| 26/07/2015
- 20:06
Idoso internado em UPA morre à espera de vaga em hospital de Campo Grande

Paciente foi internado no dia 20 e morreu nesse sábado

Mais uma pessoa morre à espera de uma vaga nos hospitais de Campo Grande. Desta vez a vítima foi Joaquim Alves de Araújo, de 82 anos. O idoso estava internado na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Coronel Antonino e morreu na noite desse sábado (25) enquanto aguardava transferência para o Hospital Universitário. A família procurou a Polícia Civil depois da morte do idoso.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, um dos filhos da vítima levou o idoso à unidade de saúde no dia 20 e até ontem o paciente esperava pela vaga.

No local, a vítima chegou a ser diagnosticada com pneumonia, mas sofreu uma parada cardiorrespiratória as 22h15 de ontem e acabou não resistindo. A ocorrência foi registrada como morte natural na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Casos como o de Joaquim são recorrentes em Campo Grande. Pacientes com estado de saúde agravado acabam internados irregularmente em UPAs por falta de leitos hospitalares. A medida, inclusive, foi proibida pelo Ministério Público de Mato Grosso do Sul. Por causa da situação caótica, a instituição ajuizou ação civil pública obrigando o governo do Estado e a Prefeitura de Campo Grande a ampliar o quantitativo de leitos em hospitais para atender a demanda da saúde pública.

Veja também

Vídeo que circula nas redes sociais mostra um ônibus do Consórcio Guaicurus, linha 302- Caiobá...

Últimas notícias