Em sete meses, mais de 70 mil ocorrências foram registradas na BR-163

Objetos na pista lideram incidências com mais de 20 mil casos
| 26/05/2015
- 00:59
Em sete meses, mais de 70 mil ocorrências foram registradas na BR-163

Objetos na pista lideram incidências com mais de 20 mil casos

Após sete meses de operação na , o CCR MS Via registrou 71.174 ocorrências, uma média de pouco mais de 10 mil por mês. Destas, o maior número de casos diz respeito à retirada de objetos da pista, com 20.440 eventos, o que corresponde a 28,5% do total.

“Mais de 80 toneladas de resíduos têm sido retiradas mensalmente da rodovia. São embalagens, latas, sacos plásticos, pneus, restos de borracha, enfim, todo tipo de material que é lançado na via e que pode causar um acidente”, explica o gestor Fausto Camilotti.

Segundo o engenheiro, lançar objetos na rodovia é uma infração grave do Código de Trânsito Brasileiro, onde, além da multa, o motorista pode perder quatro pontos na Carteira de Habilitação. “Portanto, seja prudente e guarde os resíduos no veículo e dê destinação adequada na sua próxima parada”, alerta.

Condições do veículo

A falta de manutenção e conservação dos veículos gerou 18.431 atendimentos na rodovia, o que corresponde a 25,7% do total de ocorrências registradas no SAU. O principal índice refere-se aos casos de panes mecânicas com 11.410 ocorrências (15,9%). Logo após aparecem os casos de pneu furado (2.853 – 4%), pane seca (1.667 – 2,3%), superaquecimento de motor (1.000 – 1,4%), pane elétrica (957 – 1,3%) e por fim, bateria descarregada (544 – 0,8%).

Acidentes

Ainda de acordo com o levantamento da CCR MSVia, o SAU registrou 1.056 acidentes no período, com 475 feridos e 21 vítimas fatais. Entre outubro de 2014 e abril 2015 foram realizados ainda 2.294 atendimentos de socorro médico.

Veja também

No total, há 34,01 milhões de casos e 679.996 óbitos pela doença

Últimas notícias