As imagens serão armazenadas por 30 dias. As câmeras têm 450 metros de alcance

As atividades de no Centro de Campo Grande estão seguindo o cronograma estimado pela Secretaria Municipal de . Em fase de testes, o projeto de instalação das 22 câmeras no centro da cidade deve reduzir o tempo de atendimento as ocorrências criminosas e os acidentes, a expectativa é que sejam feitos em três a cinco minutos. 

O Secretário Municipal de Segurança Pública, Valério Azambuja, destaca que o projeto segue com prazo, pagamento e treinamento todos em dia. “O sistema está sendo testado, avaliado e certificado e no prazo previsto entrará em funcionamento”, informa.

Valério destaca a importância videmonitoramento para a redução da criminalidade na área central de Campo Grande. “Foi registrado no quadrilátero eleito, 90% dos crimes de roubos e furtos na região central, então queremos e acreditamos que com a instalação desses equipamentos haja uma redução significativa em relação a roubos, furtos e outros sinistros”.

Além da Guarda Municipal, que será a corporação responsável por coordenar o projeto, homens da Agência Municipal de Trânsito (Agetran) e da Defesa Civil também vão monitorar as imagens capturadas pelas câmeras de alta definição.

O Centro de Controle Operacional será instalado em frente ao Horto Florestal e coordenado pela Guarda Municipal, em parceria com Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) e Defesa Civil. As imagens serão armazenadas por 30 dias. As câmeras têm 450 metros de alcance, geram imagens em 360º e dispositivo day/night (dia e noite).

Saiba Mais