Em fase de testes, videomonitoramento segue cronograma previsto

As imagens serão armazenadas por 30 dias. As câmeras têm 450 metros de alcance
| 05/05/2015
- 23:24
Em fase de testes, videomonitoramento segue cronograma previsto

As imagens serão armazenadas por 30 dias. As câmeras têm 450 metros de alcance

As atividades de no Centro de Campo Grande estão seguindo o cronograma estimado pela Secretaria Municipal de . Em fase de testes, o projeto de instalação das 22 câmeras no centro da cidade deve reduzir o tempo de atendimento as ocorrências criminosas e os acidentes, a expectativa é que sejam feitos em três a cinco minutos. 

O Secretário Municipal de Segurança Pública, Valério Azambuja, destaca que o projeto segue com prazo, pagamento e treinamento todos em dia. “O sistema está sendo testado, avaliado e certificado e no prazo previsto entrará em funcionamento”, informa.

Valério destaca a importância videmonitoramento para a redução da criminalidade na área central de Campo Grande. “Foi registrado no quadrilátero eleito, 90% dos crimes de roubos e furtos na região central, então queremos e acreditamos que com a instalação desses equipamentos haja uma redução significativa em relação a roubos, furtos e outros sinistros”.

Além da Guarda Municipal, que será a corporação responsável por coordenar o projeto, homens da Agência Municipal de Trânsito (Agetran) e da Defesa Civil também vão monitorar as imagens capturadas pelas câmeras de alta definição.

O Centro de Controle Operacional será instalado em frente ao Horto Florestal e coordenado pela Guarda Municipal, em parceria com Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) e Defesa Civil. As imagens serão armazenadas por 30 dias. As câmeras têm 450 metros de alcance, geram imagens em 360º e dispositivo day/night (dia e noite).

Veja também

Últimas notícias