Clima de festa e queda de energia antecipam fim de ano para lojistas

Movimento no centro da Capital é fraco neste dia 31
| 31/12/2015
- 22:15
Clima de festa e queda de energia antecipam fim de ano para lojistas

Movimento no centro da Capital é fraco neste dia 31

O fluxo de pessoas e veículos na região central da cidade, principalmente na Rua 14 de Julho, é quase inexistente no último dia de 2015. Após e oscilação registradas no começo desta tarde, muitas lojas aproveitaram o movimento fraco e fecharam as portas e dispensaram os funcionários. Assim, aumenta aquela sensação de estar numa 'cidade fantasma'.

O estudante de direito Jeferson de Almeida, 27, foi um dos poucos clientes que ainda buscou garimpar as ofertas das lojas que resistiram abertas no dia da virada do ano. "Vim aproveitar as promoções de fim de ano, mas depois que caiu a luz muita loja fechou", disse.

O professor de educação física Diego Ruberdo, 26, que também buscava as promoções, também destacou o centro da cidade vazio. "O movimento está mesmo meio fraco e ainda por cima, depois que a luz voltou, ficou oscilando", acrescentou.

De acordo com uma vendedora de uma loja da Rua 14 de Julho que não quis identificar-se, eram cerca de 14h quando ocorreu a primeira queda de energia no centro. "Depois a luz voltou, mas ficou caindo o tempo todo. Depois faltou de novo por uns 20 minutos. Ai sim a gente viu muita loja dispensando os funcionários, até porque o movimento tá muito fraco", destacou.

Até a publicação desta matéria, o fornecimento de energia da região central estava restabelecido e estável.

Veja também

A Funtrab (Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul) oferece 1.198 vagas de emprego...

Últimas notícias