No período de três horas, o Corpo de Bombeiros recebeu um pouco mais de 40 chamadas para atender aos acidentes, queda de veículo no córrego e de árvores. As águas intensas do fim da tarde de sábado (17) fizeram com que o asfalto ficasse escorregadio e por conta disso houve 17 ocorrências só de queda de motociclistas. 

Duas quedas de árvores ocorreram na noite de ontem e pela manhã deste domingo (18), os militares atenderam a mais uma solicitação no Bairro Chácara Cachoeira, região nobre de Campo Grande. De aproximadamente 10 metros, ela caiu na via, impedindo o tráfego de veículos. 
Outra ocorrência que mobilizou ao menos três viaturas dos bombeiros foi de um motociclista que perdeu o controle do veículo em uma curva da Rua Luiz Lousinha e acabou caindo no córrego. Ele foi levado pelas águas. 
Um pouco mais de 300 metros do local do incidente, o motociclista foi resgatado apenas com lesões leves e o veículo retirado do córrego. Ele não teve o nome divulgado, mas foi encaminhado para um posto de saúde da região. 
Além disso, foi registrado um acidente fatal na Rua Piraputanga, no Jardim Noroeste, região leste de Campo Grande. Os militares foram acionados pelo condutor de uma caminhonete para socorrer pai e filho, que estavam em uma motocicleta que se chocou com uma caçamba. 
Ao parar o veículo na pista, com o alerta ligado, Eduardo Soares de Araujo, de 57 anos, que conduzia uma Yamaha, e trafegava pela via, percebeu a S-10 quando já estava próxima do veículo. Ele tentou frear, mas não conseguiu evitar a colisão. Ele morreu no local.