Eleições no MPF

Uma informação bomba circula nos corredores do MPF. Pressionada por alguns grupos
da base, entre eles procuradores mais afinados com a Lava-Jato, a procuradora-geral
interina Elizeta Ramos vai convocar eleições para o comando das procuradorias da
República nos Estados e no Distrito Federal. A eleição, marcada para a próxima
semana, pode redefinir o jogo de forças dentro do Ministério Público e engessar a
administração do futuro procurador-geral, caso o presidente Lula da Silva decida
escolher outro nome, que não Elizeta, para chefiar a PGR.Em tese, um novo procurador-
geral até poderia anular a decisão de Elizeta e convocar novas eleições. Mas a iniciativa
seria fonte de enorme desgaste. A Coluna ainda não obteve uma resposta oficial do
MPF.

Lista

Senadores insatisfeitos com a articulação do Planalto levaram ao líder do Governo na
Casa, Jaques Wagner (PT-BA), a lista de exigências para evitar novas derrotas. A
principal delas é a liberação de emendas. Querem também a nomeação de indicados aos
cargos no Governo, que tem privilegiado nomes de bancadas na Câmara. Outra queixa
dos parlamentares do Senado é a dificuldade de agenda com o presidente Lula.

Na mira

Eterno ex-suplente de Blairo Maggi, o ex-senador Cidinho Santos entrou na mira da
Executiva Nacional do Progressistas. Ele foi alçado a presidente da Executiva Estadual
com a missão de levar o partido a apoiar os candidatos a prefeitos do governador Mauro
Mendes. Santos estaria “ensaboando” demais, o que tem irritado muito os caciques da
legenda.

Voluntário

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou projeto (PL
5414/13) que cria o Serviço Voluntário de Defesa Civil em caráter permanente – não
apenas em situações de calamidade pública. De autoria do ex-deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), a proposta estabelece que o serviço voluntário será exercido gratuitamente por civis voluntários e ficará sob a coordenação direta da Polícia Militar.

Missõe$

As missões oficiais do Senado Federal estão saindo mais caras este ano. Um
levantamento realizado pela Coluna, com base em dados da Casa, mostra que de janeiro
até setembro de 2023 já foram gastos mais de R$ 2 milhões em viagens internacionais
feitas pelos parlamentares. Das 131 viagens ocorridas neste ano, 63 foram na classe
executiva. Em 2022, foram gastos R$ 741 mil em 153 viagens internacionais.

Guerra virtual

No front digital, cresce no Brasil a busca por proteção contra megavazamentos de dados
e ataques hackers a empresas e órgãos públicos. Segundo a Federação Nacional de
Seguros Gerais (FenSeg), entre janeiro e agosto, a contratação do seguro de riscos
cibernéticos subiu 24%, com R$ 136 milhões faturados no período. Desde que foi
criada, em 2019, a arrecadação deste seguro aumentou mais de 1.000%.

ESPLANADEIRA

# Le biscuit promove campanha de Halloween com descontos de até 30% hoje. Andrea Gomides, do Instituto Ekloos, realiza dia 8 live no YouTube sobre como se inscrever em editais de cultura. # Orquestra Violões do Forte de Copacabana e Shalom realiza amanhã apresentação gratuita no Theatro Municipal do Rio. # MEC e Inep divulgam hoje resultados do Enade 2022. # Plataforma Professor Ferretto disponibiliza aulas de revisão gratuitas entre os dias 30/10 e 10/11. # Deputado Max Lemos apresenta projeto que regulamenta taxa de reserva de vaga em instituições de ensino.