A nota de corte para o teste das habilidades clínicas do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Superior Estrangeira (Revalida) foi anunciada nesta quinta-feira (18) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Os participantes da segunda etapa do Revalida 2023/1 precisam tirar a nota mínima de 60,722 pontos de 100, a nota máxima, para serem aprovados.

A segunda etapa do Revalida 2023/1 será aplicada nos dias 24 e 25 de junho. A participação nesta fase depende da aprovação do na primeira etapa, que já contemplou as provas objetiva e discursiva.

O médico participante que passar para a etapa seguinte deverá realizar tarefas específicas distribuídas em dez estações, nos cinco grandes eixos da formação e do exercício profissional da Medicina. As áreas avaliadas são Clínica médica; Cirurgia geral; Pediatria; Ginecologia e obstetrícia; Medicina da família e comunidade – Saúde coletiva.

Nessa fase, os candidatos serão avaliados conforme a atuação individual em situações-problema e casos apresentados.

Revalida

O Revalida é composto por duas etapas de avaliação (teórica e prática). O processo organizado pelos ministérios da Educação e da Saúde serve para dar validade aos diplomas médicos estrangeiros.

A aprovação no exame atesta que o documento emitido no exterior é compatível com as exigências de formação das universidades brasileiras.

As referências exigidas no Brasil são os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional.

Inscrições

A inscrição para a segunda etapa do Revalida termina nesta sexta-feira (19) e deve ser feita digitalmente diretamente no Sistema Revalida LINK 2 . O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 4.106,09, poderá ser feito até o dia 23.

Para conferir a legislação relacionada ao edital do Revalida 2023, assim como a relação de candidatos aptos a se inscrever para a segunda etapa do exame devem acessar o site do Inep.