Mulher filmada em cena de sexo no show de Henrique e Juliano denuncia estupro: 'não aguento mais'

Vídeo do momento viralizou nas redes sociais
| 22/06/2022
- 16:56
Mulher filmada em cena de sexo no show de Henrique e Juliano denuncia estupro: 'não aguento mais'
Foto Ilustrativa (Foto: Reprodução)

No primeiro domingo deste mês de junho (5), uma cabeleireira de 31 anos denunciou ter sido estuprada durante um show da sertaneja Henrique e Juliano, em Goiânia. As imagens do momento circulam nas como se fossem de um sexo consentido. Mas, nesta quarta-feira (22) a mulher prestou depoimento na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) afirmando ter sido vítima de estupro.

Segundo as informações do site Correio Braziliense, a mulher contou que não se lembra de nada do que aconteceu e que descobriu que havia sido abusada por um desconhecido ao receber o vídeo do crime no dia seguinte do evento, enviado por uma pessoa no intuito de avisá-la.

“Eu lembro de estar bebendo cerveja, depois de uma luz no meu rosto e de falar 'apaga a luz', mas não tinha noção do que estava acontecendo, muito menos de que tinha alguém filmando", contou a cabeleireira ao lamentar toda a exposição que tem sofrido.

Segundo a mulher, o vídeo em que ela aparece sendo abusada foi repassado junto a um relato de que ela e o marido ganhariam uma garrafa de uísque em troca de sexo. No entanto, ela afirma que essa versão não é verdadeira e que não se lembra de nada do que aconteceu, suspeitando que tenha sido dopada.

“Eu jamais faria uma coisa dessas, nem uísque eu bebo. Meu marido também nunca deixaria isso acontecer. Quem filmou e enviou o vídeo também divulgou meus perfis nas redes sociais e meu número”, conta.

Afetada

Casada, mãe de duas meninas, uma de 7 outra de 15 anos, Géssica afirmou que sua vida profissional e pessoal está sendo muito afetada desde o ocorrido. Segundo o site do Correio Braziliense, a cabeleireira conta que perdeu clientes e é alvo de piadas e críticas constantemente. Ela acrescenta que em ninguém procurou saber o que aconteceu de fato naquela madrugada: "Ninguém veio me perguntar se era verdade o que estavam dizendo sobre mim. Todo mundo me julgando, não aguento mais essas piadinhas, está afetando demais a mim, minha família, meu serviço", disse.

Géssica afirma que desde esse domingo, sua vida nunca mais foi a mesma e clama por justiça: "Espero que seja feita justiça, que esse povo que está me difamando pague", completou.

O que diz a assessoria?

Quando questionada sobre um posicionamento da situação, a assessora da dupla Henrique e Juliano afirmou que não teve conhecimento do caso. Já a assessoria do Infinito Particular, responsável pelo evento, contou que vai esperar a investigação da Polícia Civil ser concluída para se posicionar. Vale lembrar que nesse mesmo show, um homem foi baleado.

*Com informações do Correio Braziliense

Veja também

O chefe do executivo não chegou a dizer sobre qual CPI se referia

Últimas notícias