Mães de autistas protestam no STJ contra rol taxativo da ANS

Mães de crianças autistas temem por retrocesso nos tratamentos dos filhos
| 12/05/2022
- 18:19
Protesto mães de autistas
Protesto mães de autistas (Foto: Abra/Divulgação)

Mesmo após o STJ (Superior Tribunal de Justiça) julgar o rol taxativo da ANS (Agência Nacional de ) - que restringe a cobertura de procedimentos realizados por planos de saúde - um grupo de mães de autistas, preocupadas com o possível prejuízo nos tratamentos dos filhos, reuniu-se na quarta-feira (11), com várias entidades, para protestar em frente ao tribunal, durante a sessão dos ministros, em Brasília.

O ato foi denominado Movimento de Mobilização Nacional contra o Rol taxativo e ocorreu também em Niterói, Porto Alegre e Mossoró, em frente ais tribunais e fóruns destas cidades. A ação foi apoiada pela Abra (Associação Amigos do Brasil em Prol da Ética).

"Nós, da Abra, apoiamos essa bandeira por sermos contra as injustiças e em defesa do direito à saúde no Brasil. Juntas, 14 entidades e coletivos sociais, de oito estados e Distrito Federal, elaboramos uma nota pública em defesa do rol exemplificativo, que foi entregue nos gabinetes de vários ministros", disse o da Abra, Cleiton dos Reis.

"Reafirmamos o nosso compromisso com esse processo de conscientização da sociedade com a missão de que, ao final dessa luta, o STJ mantenha o seu entendimento, de que o rol da ANS é exemplificativo", finalizou o profissional.

Assinaram a nota as entidades Autismo Niterói Trocas, Associação Amor, NAIA Autismo, Síndrome do Amor, Famílias que Lutam, Adriano Monteiro Advocacia, Associação Amigos do Brasil em Prol da Ética, Bruno Henrique Advocacia, Advogado dos Autistas, MARS (Movimento Mães Atípicas RS), Andréa Medrado, Camilla Varella Advogada e Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor.

Veja também

A Lei Paulo Gustavo destina R$ 3,86 bilhões a trabalhadores do setor cultural afetados pela pandemia de covid-19 em todo o País

Últimas notícias