Justiça nega prisão a padre que fugiu após atropelar suspeito de roubar igreja em SP

O juiz entendeu que, apesar da atitude do padre ser grave, ele não oferece nenhum risco
| 11/05/2022
- 11:53
Justiça nega prisão a padre que fugiu após atropelar suspeito de roubar igreja em SP
Foto: Reprodução

A Justiça de São Paulo negou o pedido da polícia para prender o padre Gustavo Trindade dos Santos que atropelou um homem de roubar a igreja na cidade de Santa Cruz do Rio Pardo, no interior de São Paulo.

O entendeu que, apesar da atitude do padre ser grave, ele não oferece nenhum risco, os advogados do caso, colaboraram com as investigações. Portanto, o padre não teve o pedido de prisão decretado.

De acordo com o Portal R7 o suspeito, que está internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave furtou três moletons e uma camisa. O veículo está registrado em nome da paróquia. O padre foi afastado pelas atividades da paróquia.

Veja também

No total, o Brasil tem 672.101 vítimas e 32.536.302 casos da doença

Últimas notícias