Brasil tem quarto dia seguido de média de mortes por covid-19 acima de 3 mil

| 14/04/2021
- 00:20
Brasil tem quarto dia seguido de média de mortes por covid-19 acima de 3 mil
Reprodução
 
O Brasil chegou nesta terça-feira, 13, ao quarto dia consecutivo com uma média móvel diária de mortes por covid-19 acima de 3 mil, segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. O número mais recente ficou em 3.051, levando em consideração a média dos dados dos últimos sete dias. Ao longo da última semana, 21.354 pessoas morreram em decorrência da doença.
 
Data Média móvel diária de mortes
 
12/04/2021 3.125 (recorde)
 
01/04/2021 3.119
 
11/04/2021 3.109
 
13/04/2021 3.051
 
10/04/2021 3.025
 
02/04/2021 3.006
 
31/03/2021 2.971
 
09/04/2021 2.938
 
08/04/2021 2.818
 
03/04/2021 2.800
 
Os dados diários nacionais são do consórcio de veículos de imprensa, formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde. Nas últimas 24 horas, foram registradas 3.687 novas mortes pela covid-19, fazendo o total chegar a 358.718 vítimas.
 
A maior média móvel foi registrada nesta segunda-feira, 12, quando o número chegou a 3.125. Desde o sábado, 10, o dado está acima de 3 mil, o que ocorreu um total de seis dias em toda a pandemia, as seis vezes no mês de abril.
 
Mortes por covid-19 por mês no Brasil
 
Março (2020) - 202
 
Abril - 5.804
 
Maio - 23.335
 
Junho - 30.315
 
Julho - 32.912
 
Agosto - 28.947
 
Setembro - 22.371
 
Outubro - 16.016
 
Novembro - 13.263
 
Dezembro - 21.811
 
Janeiro (2021) - 29.558
 
Fevereiro - 30.484
 
Março - 66.868 (recorde)
 
Abril (até o dia 13) - 36.832
 
Os últimos 13 dias já somam mais óbitos (36.832) do que todos os outros meses da pandemia, com a exceção de março, quando o dado chegou a 66,8 mil vítimas. O número do mês passado ainda pode ser ultrapassado pelos registros de abril, com mais duas semanas e meia a serem transcorridas.
 
Os dados do consórcio apontam também 80.157 novos casos confirmados da doença nas últimas 24 horas. Com isso, o total chegou a 13.601.566. Segundo o Ministério da Saúde, 12.074.798 pessoas recuperadas da doença e 1.166.771 segue em acompanhamento.
 
Consórcio reúne dados desde 8 de junho
 
O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Veja também

As apostas podem ser feitas até as 19h, no horário de Brasília

Últimas notícias