Uma eleitora inusitada compareceu à votação em um seção eleitoral no município de Xanxerê, no Oeste de . Pouco depois de 8h, uma apareceu em uma sala na escola Nery Barbosa Giachini. Uma equipe do Corpo de foi chamada para o local e a seção foi momentaneamente esvaziada para a captura do animal.

A cobra tinha cerca de 40 centímetros de comprimento e estava bastante agitada. Segundo os agentes, aparentemente tratava-se de uma cobra Coral falsa, que imita a coloração da cobra Coral para confundir predadores e não é venenosa.

De acordo com o Portal “Tudo sobre Xanxerê”, mesários viram a cobra saindo de um armário na sala. O réptil foi solto em uma zona de mata na cidade, onde não há residências ou empresas próximas.

Nas redes sociais, internautas fizeram brincadeiras com a situação: “A sogra do candidato foi votar também”, comentou uma jovem. “Coitada, ela só foi fazer a parte dela e votar”, brincou outra internauta. “As cobras sendo protagonistas em 2020”, escreveu outro internauta em referência à naja de , que picou um de animais.