Brasil

Operação da PF apura denúncia de caixa 2 gerada na CPI do Futebol, em AL

Operação foi batizada de Bola Fora

Joaquim Padilha Publicado em 09/06/2017, às 10h55

None

Operação foi batizada de Bola Fora

A Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira (9), em Alagoas, mandados de busca e apreensão em quatro endereços em Maceió e Boca da Mata, no âmbito da Operação “Bola Fora”.

Os mandados foram expedidos pelo TRE-AL (Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas). A pedido do Tribunal, a Polícia Federal instaurou inquérito para apurar denúncias de caixa 2 ligados à CPI do Futebol.

A CPI teve início em São Paulo. Em nota, a PF afirma que um político alagoano teria recebido recursos de pessoas ligados a entidades que representam o futebol em nível estadual e nacional. 

O político, que não teve a identidade revelada, seria ligado a essas entidades desportivas, e os recursos teriam auxiliado em sua campanha eleitoral.Operação da PF apura denúncia de caixa 2 gerada na CPI do Futebol, em AL

“Ocorre que teria havido omissão de tais receitas/despesas nas declarações enviadas pelo político à Justiça Federal, prática conhecida popularmente como caixa 2.

Pelo menos 20 policiais federais de Alagoas trabalham na Operação. Os materiais apreendidos serão levados à Superintendência Regional de Polícia Federal em Alagoas, onde serão analisados.

(com supervisão de Evelin Cáceres)

Jornal Midiamax