Brasil

Lula depõe de gravata verde, amarela e azul, enquanto Moro adota vermelho

A gravata é sempre usada em ocasiões importantes para o ex-presidente

Clayton Neves Publicado em 10/05/2017, às 17h40

None
f74109d4d6dbc15139c113f5c3453a2c.jpg

A gravata é sempre usada em ocasiões importantes para o ex-presidente

Se há alguma intenção na escolha, só o juiz Sergio Moro poderá confirmar. O fato é que o magistrado da primeira instância federal utiliza uma gravata vermelha, cor que remete ao Partido dos Trabalhadores, para colher o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O ex-presidente é acusado de receber propina da empreiteira OAS por meio das reformas de um apartamento no litoral de São Paulo e de um sítio em Atibaia. Ele responde por corrupção e lavagem de dinheiro. A defesa do ex-presidente nega que ele seja dono dos imóveis.

Já Lula adotou uma gravata verde, amarela e azul que já foi vista em outras ocasiões. Em 2008, o ex-presidente utilizou o mesmo acessório na abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim, na China, quando ainda era presidente.

A gravata é sempre usada em ocasiões importantes para o ex-presidente.

O depoimento, que ocorre na sede da Justiça Federal em Curitiba, começou às 14h18. Nela, tanto o juiz quanto a defesa do ex-presidente poderão fazer perguntas ao réu, que tem a opção de não respondê-las. Não há prazo para término da audiência.

Lula chegou à capital paranaense em vôo fretado na manhã de quarta-feira. Ele é acompanhado por políticos petistas, entre eles a ex-presidenta Dilma Rousseff. Além dela, Lindberg Farias e Gleisi Hoffmann também viajaram para dar força ao colega.

Jornal Midiamax