Jovem agride e mata idoso em estação da CPTM em São Paulo

Vítima tinha se curado de um câncer havia seis meses
| 10/04/2017
- 19:11
Jovem agride e mata idoso em estação da CPTM em São Paulo

Vítima tinha se curado de um câncer havia seis meses

Um idoso de 65 anos morreu após ser agredido por um homem de 27 anos na Estação Corinthians-Itaquera da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) na sexta-feira (7). O corpo do segurança Expedito Gomes foi enterrado neste domingo (9).

“Deixou 5 filhas, fora as outras, 18, deixou minha mãe, não sei o que faço, muito dolorido, não sei o que fazer, só justiça”, disse Larissa Nunes Gomes, uma das filhas da vítima. Segundo o G1, Expedito tinha se curado de um câncer de próstata havia seis meses.

De acordo com o boletim de ocorrência, o rapaz que atua como vigilante, e o idoso Expedito, que atuava como segurança, discutiram dentro de um vagão do trem da linha 11-Coral com destino a Guaianazes. O motivo do início da discussão teria sido porque um esbarrou no outro, o que gerou troca de insultos.

Ao desembarcar na Estação Corinthians-Itaquera, o idoso teria xingado o jovem que deu um soco na vítima, que caiu e bateu a cabeça no chão. O jovem foi contido por usuários da estação e os agentes de segurança foram acionados e providenciaram os primeiros socorros à vítima. O  Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) também foi acionado, e encaminhou para o Hospital Santa Marcelina, onde Expedito não resistiu e morreu.

Segundo a Polícia Civil, “o comportamento criminoso do indiciado foi totalmente desproporcional ao caso em tela, uma discussão banal e fútil, o indiciado, um homem de compleição física avantajada, com quase dois metros de altura, pesando mais de cento e quarenta quilos, em pleno vigor físico, com vinte e sete anos de idade, ao desferir um soco na vítima, mesmo que não quisesse um resultado preciso e determinado, assumiu o risco de produzi-lo, ao agredir uma pessoa de idade muito mais elevada, sessenta e cinco anos, um idoso, de compleição física mediana, provocando sua morte”, diz o boletim.

O jovem foi preso em flagrante e vai responder por qualificado por motivo fútil. 

Em nota, a CPTM informou que os agentes de segurança da companhia detiveram o agressor e que está "colaborando com a investigação e as imagens das câmeras de segurança estão à disposição das autoridades policiais".

Veja também

Entre os mais de 179 milhões de vacinados, 167,8 milhões completaram o esquema vacinal primário

Últimas notícias