Todo começo de ano é período de traçar metas, uma delas para algumas pessoas é dar entrada no processo da CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Em , a primeira habilitação pode ser desembolsada por até R$ 3,9 mil na categoria de carro e moto.

O Jornal Midiamax conferiu a tabela de preço com quatro autoescolas de vários bairros da cidade, classificando as categorias A – só de moto, B – apenas carro e AB – de carro e moto. Cada empresa varia de pacotes e formas de pagamento.

Vale lembrar que as aulas no simulador de direção, que chegaram a ser obrigatórias, não são mais necessárias para o futuro condutor, conforme a Resolução 778/2019 do (Conselho Nacional de ).

Processos para CNH

O (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul) explica que o candidato deve ter 18 anos completos, saber ler e escrever, ter documento de identidade e CPF (Cadastro de Pessoa Jurídica) regular.

Tanto para carro, como para moto, o aluno passa pelo CFC (Curso de Formação de Condutores), com teórico de 45 horas e prático de, no mínimo, 20 aulas. Ambos são custeados, mas a maioria das autoescolas inclui no pacote da categoria.

O aluno também deve se atentar para as taxas cobradas pelo Detran, como o teste psicológico, toxicológico e das guias das provas. Clique aqui para conferir os valores das taxas fixas.

Após o pagamento da guia do curso teórico, o CFC verifica a disponibilidade das aulas, dividas em três turnos: matutino, vespertino e noturno.

Confira os valores pesquisados:

Autoescola MS na DireçãoCategoriaValor
MotoAR$ 1.400
CarroBR$ 2.160
Carro e motoABR$ 2.270
*Sujeito a alterações por variação da forma de pagamento.
Autoescola MonacoCategoriaValor
MotoAR$ 1.695
CarroBR$ 1.959
Carro e motoABR$ 2.349
*Sujeito a alterações por variação da forma de pagamento.
Autoescola 2000CategoriaValor
MotoAR$ 1.800
CarroBR$ 2.500
Carro e motoABR$ 2.700
*Sujeito a alterações por variação da forma de pagamento.
Autoescola San MarinoCategoriaValor
MotoAR$ 1.800
CarroBR$ 2.300
Carro e motoABR$ 3.099
*Sujeito a alterações por variação da forma de pagamento.

Prazos

Desde dezembro de 2023, o Ministro dos Transportes prorrogou o prazo de vencimento dos processos de habilitação. No total, 34.509 candidatos foram beneficiados pela nova decisão. São 6.758 de 2019, 13.112 de 2020, 11.554 de 2021, 14.225 de 2022 e 661 de 2023.

Estão incluídos todos os processos não concluídos, independente da etapa em que se encontram. No mutirão, somente os processos que estavam na etapa de exame prático, que é a última etapa, estavam sendo contabilizados.

Além dos processos de primeira habilitação que foram abertos durante a pandemia, entre 2019 e 2022, os abertos em 2023 foram prorrogados.

Entretanto, a medida beneficia apenas os prazos antigos. Caso inicie a CNH em 2024, terá um ano para concluir o processo.

Validade da CNH

Entre as principais mudanças neste ano, a validade da CNH varia de acordo com a idade do condutor.

  • CNH provisória – 1 anos
  • Mais de 70 anos – 3 anos
  • Entre 50 e 69 anos – 5 anos
  • Até 49 anos – 10 anos

Multa por dirigir sem CNH

O CTB (Código de Trânsito Brasileiro) estabelece penalidades diferentes para cada situação de flagra de motorista ou motociclista sem CNH. Vale lembrar que estar com o documento físico ou on-line também é importante.

Caso o condutor seja parado em uma blitz sem o documento e o órgão de fiscalização não consiga ver a CNH, pode render infração leve, com multa de R$ 88,38 e três pontos na carteira.

Já para quem não é habilitado, a pena é mais grave, podendo ser multado em R$ 880,41, e ter pena de detenção de seis meses a um ano e o veículo retido até ser retirado por um condutor habilitado.

CNH de graça

Em 2023, o Governo do Estado lançou o programa CNH MS Social, que concede o documento de graça para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Mais de três mil pessoas já iniciaram o processo.

A lista de convocação ainda segue o processo do ano passado. Portanto, o novo edital com as vagas para 2024 ainda não foi divulgado.