A Toyota anunciou que suspendeu a comercialização de pelo menos 10 modelos após encontrar irregularidades em testes de certificação de motores a diesel. Entre eles está a Hilux, SW4 e o utilitário esportivo Land Cruiser 300.

Conforme a nota, a Tico (Toyota Industries Corporation) usou um software nos testes diferente do usado na produção em série dos motores.

Então, dez modelos que usam esses motores a diesel foram afetados.

Ainda conforme a montadora japonesa afirmou, os veículos “atendem aos padrões de potência do motor” e não há necessidade de parar de usar os motores envolvidos.

Entretanto, a empresa decidiu não comercializar os veículos até que a questão fosse resolvida.

“Houve uma falta de comunicação com a Toyota Motor e não houve coordenação suficiente sobre os processos e procedimentos de teste que deveriam ter sido seguidos”, disse o presidente da Toyota Industries, Koichi Ito, em uma coletiva de imprensa.

Conforme o porta-voz da Toyota, as irregularidades dizem respeito à ‘suavização’ das curvas de potência e torque. “Além disso, isto não tem qualquer impacto nas emissões ou na segurança dos veículos afetados”, garantiu.

Por fim, o Ministério dos Transportes do Japão disse em comunicado que ordenou que a Toyota resolvesse a má gestão nos testes de motores, acrescentando que realizaria inspeções e aplicaria penalidades.