Na manhã desta sexta-feira (17), representantes e colaboradores da GWM (Great Wall Motors) realizaram um evento no Autódromo de Campo Grande para apresentar aos campo-grandenses dois modelos de veículos que já estão sendo comercializados no Brasil.

A empresa chinesa começou a vender os veículos no Brasil no ano passado. A novidade e lançamento em nosso país é o “Ora 03”, que é 100% elétrico. “Ele tem autonomia de 230 até 319 km com o sistema elétrico”, disse Luiz Rodrigo Alves, gerente geral da Bamaq/GWM.

Luiz Rodrigo chama o carro de “city car”. “A proposta é que seja um segundo ou terceiro veículo da família. Ele tem um desenho super despojado, muito moderno, com grande nível de acabamento. O conteúdo dele é absoluto, tem 7 airbags. Tem um airbag, por exemplo, entre o motorista e o passageiro para garantir mais segurança ainda em casos de acidentes”, complementou Rodrigo.

GWM ORA (Nathalia Alcântara, Jornal Midiamax)

O “Ora 03” tem ainda direção semi-autônoma. Ele consegue ver faixa, acelerar e frear automaticamente, quando necessário.

Test drive no Haval H6 GT

Outro veículo da GWM apresentado aos clientes, que puderem realizar também o test-drive, no Autódromo Internacional de Campo Grande, foi o SUV Haval H6 GT, o qual a equipe do Midiamax também testou a máquina. O veículo chegou facilmente em 100 km/h, em apenas 6.95 segundos. “Este modelo pode chegar até 393 cavalos, mostrando a potência do motor híbrido (com eletricidade e combustão)”, falou Rodrigo.

De acordo com o gerente geral da Bamaq/GWM, mais de 100 unidades do Haval já foram entregues em Mato Grosso do Sul. Além do H6 GT, entre outras versões, estão o H6 HEV, que é auto carregável e pode chegar a 243 cavalos, um veículo híbrido intermediário. “E tem também o Haval H6 PHEV, que também pode ser carregado eletricamente. Ele faz até 170 km no modo elétrico, por isso está vendendo muito , porque tem experiência de auto rendimento”, afirmou Rodrigo.

Haval H6 GT (Nathalia Alcântara, Jornal Midiamax)

Revendas em Mato Grosso do Sul

Atualmente, a empresa já tem um stand e uma loja no Shopping Campo Grande, onde as pessoas podem conhecer os modelos e também realizarem o test-drive. A previsão é que até abril de 2024, a GWM tenha uma outra loja mais ampla ainda, na rua Joaquim Murtinho, onde já estão começando os preparativos para construção e instalação da empresa. Tanto na capital, quanto em Dourados, onde haverá outra revenda, devem ser contratados cerca de 20 colaboradores para cada unidade.

Futura fábrica da GWM

Hoje os modelos que são vendidos no Brasil são importados da China. “Os modelos como o Haval e Ora foram desenvolvidos especialmente para os brasileiros, devido às pesquisas realizadas para atender a procura por itens importantes nos veículos, como suspensão, potência, designer e os modelos elétricos também”, resumiu o gerente comercial da GWM, Demétrio Macke Fleck.

Carregamento do Haval H6 GT (Nathalia Alcântara, Jornal Midiamax)

Ele lembrou que a marca já comprou uma grande área, a antiga fábrica da Mercedez-Benz, na cidade de Iracemápolis, a 170 km da capital paulista. A previsão para início da fabricação no Brasil é junho de 2024. “Já fomos à China com nossos representantes e alguns colaboradores para pesquisar a produção por lá. E vamos produzir aqui no Brasil muitas unidades exclusivas, mas as novidades serão divulgadas posteriormente”, disse Demétrio.

Entre os objetivos da GWM no Brasil estão trabalhar com o sistema chamado pela empresa de “autotec”. “É o conceito que fazemos para desenvolver auto tecnologia e oferecer segurança e conforto, como exemplo, o sistema semi-autônomo, onde alguns dos nossos modelos estacionam e fazem até curvas sozinhos, quando o motorista precisar”, finalizou Demétrio.