Variedades / Veículos

Ford admite trepidação e estende garantia do Powershift

Montadora se comprometeu a resolver exclusivamente os tremores no New Fiesta

Isaias Domingues Publicado em 27/01/2016, às 21h04

None
fiesta.jpg

Montadora se comprometeu a resolver exclusivamente os tremores no New Fiesta

Notificada pelo Procon-SP, a Ford se comprometeu a resolver exclusivamente reclamações de trepidação envolvendo o câmbio Powershift dos carros da marca. A falha é apenas uma dentre várias relacionadas à transmissão automatizada de dupla embreagem que equipa New Fiesta, EcoSport e Focus. Além do tremor, proprietários dos modelos relatam situações de mau funcionamento como superaquecimento, travamento, dificuldade para troca de marchas, perda de força, ruídos e trocas prematuras de kits de embreagem.

Como solução para os casos identificados – apenas os casos identificados, salienta –, a Ford propôs ao órgão adotar um novo vedador de transmissão nos carros zero-quilômetro e substituir a embreagem gratuitamente nos veículos já vendidos. Além disso, a garantia foi estendida de 3 para 5 anos ou até 160 mil km nos carros afetados. Proprietários são informados via carta comum ou mala direta.

A origem da trepidação, sustentou a Ford ao Procon-SP por meio de carta, seria a contaminação por fluido de transmissão entre as partes seca e úmida de uma das embreagens. O “pequeno marejamento” causaria o mesmo sintoma de desgaste natural da embreagem de uma transmissão manual comum, só que antecipadamente, antes do fim da vida útil da embreagem. A falha não geraria perda de força motriz, diz o fabricante, havendo apenas um “comportamento que não atende de forma plena à expectativa do consumidor”. Na carta, a Ford argumenta ainda que por não haver registro de acidentes, não há necessidade de recall.

Nos casos em que os veículos afetados tenham ultrapassado a garantia, o Procon-SP ressalta que o atendimento também deverá ser feito gratuitamente.

Jornal Midiamax