Sem Categoria

Thiago Silva chama Pezão de “Lango Lango” e diz que briga é “dor de corno”

A rivalidade entre os brasileiros Thiago Silva e Pezão ganhou mais um capítulo nesta segunda-feira, dois dias antes da luta do primeiro contra Matt Hammil, pelo card principal do UFC Barueri. Thiago foi questionado sobre provocações de Pezão e o desejo do peso-pesado de um duelo entre ambos. O meio-pesado afirmou que está pronto a […]

Arquivo Publicado em 07/10/2013, às 19h55

None
8485962.jpg

A rivalidade entre os brasileiros Thiago Silva e Pezão ganhou mais um capítulo nesta segunda-feira, dois dias antes da luta do primeiro contra Matt Hammil, pelo card principal do UFC Barueri.


Thiago foi questionado sobre provocações de Pezão e o desejo do peso-pesado de um duelo entre ambos. O meio-pesado afirmou que está pronto a qualquer momento, desde que a luta seja em sua categoria. E aproveitou para provocar o ex-companheiro de treinos.


“O Pezão é um bobo, não sei. O cara treinava e era muito meu amigo. De repente, ele mudou de equipe, não sei se foi isso. Depois acabei ganhando do amigo dele, que é o Feijão. Não sei se ele ficou com dor de corno, né…o Pezão é bobo. Se ele quiser lutar comigo, que abaixe o peso e venha pra minha categoria”, falou em evento aberto do UFC nesta segunda, em Barueri.


“Eu vou bater nele, é o que eu vou fazer. Pergunta pra ele o dia que fez alguma coisa comigo no treino. Apanhava que nem um cachorrinho…só tem tamanho. É um grandão bobo, Lango Lango”, continuou, ao fazer referência a um antigo brinquedo para crianças para ironizar o rival.


A rivalidade começou a esquentar depois que Thiago venceu por nocaute Rafael Feijão no UFC Fortaleza, entre os meio-pesados. Logo após o nocaute, Pezão, que é companheiro de equipe de Feijão, lançou um desafio em direção ao ex-companheiro e agora desafeto.


“O Thiago pesa 105 kg, ele é peso pesado e tem que baixar de peso. Temos uma dívida a resolver, ele poderia aceitar uma luta comigo no peso pesado”, disse Pezão, em seu Twitter.


Thiago diz que não tem porque subir para realizar o duelo. “Pra que vou trocar minha categoria pra lutar com bobo? Ele tem que provar muito. O que ele fez? Lutou duas vezes com Velasquez e tomou um pau. Abaixe (Pezão).”


O meio-pesado tem realizado seus treinamentos na equipe Blackzilians, sediada em Boca Raton, na Flórida, e que tem nomes de expressão como os ex-campeões do UFC Vitor Belfort e Rashad e Evans.


Apesar do tradicional estilo autêntico e falastrão, Silva mostrou humildade ao dizer que está evoluindo na equipe por aprender algo todo dia. “Minha vida melhorou 1000% depois que mudei pra Blackzilians, tenho material humano do melhor. Eu gosto de aprender. Descubro a cada dia que o que eu sei, não sei nada. Eu gosto de aprender. Não sou preguiçoso e gosto de treinar. A vida é aprendizagem.”

Jornal Midiamax