Mais uma relação de processos envolvendo o Consórcio Guaicurus, concessionária do transporte coletivo de Campo Grande, está na pauta de julgamento da Junta Administrativa de Recursos de Infrações de Transporte, da Agereg (Agência de Regulação de Serviços Municipais).

Neste caso, porém, não é especificado o conteúdo dos 21 processos e o Consórcio Guaicurus aparece como requerente. O julgamento será na terça-feira (31), a partir 11h35, em sessão ordinária.

Relação tumultuada

O contrato entre a Prefeitura de Campo Grande e o Consórcio Guaicurus há anos tem conflitos, seja pela qualidade do serviço, questionada pela população diariamente, ou pela necessidade, alegada pelas empresas, de reajuste no passe de ônibus.

Atualmente, por exemplo, está pendente quanto a tarifa vai custar, medida que depende do município. Mas a Agereg já aprovou ata que estabelece passe entre R$ 4,65 e R$ 4,80 – e é nesse patamar que a futura passagem ficará.