O Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, autorizou a a vir para Mato Grosso do Sul para apoiar a Polícia Federal nas ações que acontecem nas aldeias indígenas e na região da fronteira do Estado por 90 dias. A informação consta no Diário Oficial da União desta sexta-feira (10).

Segundo a publicação, o apoio da Força Nacional à PF será nas aldeias indígenas do cone sul do Estado de Mato Grosso do Sul, que abrange sete municípios (Eldorado, Iguatemi, , , , Mundo Novo e Naviraí) e na fronteira seca de Mato Grosso do Sul com Paraguai.

Ainda conforme o , a operação terá o apoio logístico do órgão demandante, que deverá dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional de Segurança Pública. O contingente ainda não ficou definido.

Em 2022, o também autorizou a Força Nacional nas áreas de conflito indígena em Mato Grosso do Sul. Na ocasião, a área compreendia os municípios de Amambai, Caarapó e Naviraí, que foram palco de confronto de policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar, na retomada Guapoy, em junho do ano passado, nas proximidades de uma das aldeias de Amambai.

Saiba Mais