Política / Transparência

Infraestrutura e saúde somam quase metade dos R$ 32 milhões do orçamento de Figueirão

Prefeitura publicou o orçamento para 2022 com as despesas previstas

Dândara Genelhú Publicado em 04/01/2022, às 16h23

O município estimou mais de R$ 2 milhões para o Poder Legislativo.
O município estimou mais de R$ 2 milhões para o Poder Legislativo. - Foto: Reprodução.

Para o exercício de 2022, a prefeitura de Figueirão — município a 265 quilômetros de Campo Grande — estima receita e despesas no valor de R$ 32 milhões. Juntas, as áreas da saúde e infraestrutura somam 46% de investimentos previstos para este ano.

O orçamento anual foi publicado no Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul). Conforme a administração, a “receita será promovida por meio de arrecadação dos tributos, bem como transferências constitucionais e voluntárias e outras receitas de capital, e ainda, com a captação de recursos junto ao Governo Federal”.

Para o Legislativo, as despesas foram estimadas em R$ 2.040.000,00. Para o Fundo Municipal de Saúde foi definido R$ 8.030.250,00 como investimento em 2022, o maior valor do orçamento.

Assim, a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Agronegócio, Empreendedorismo e Meio Ambiente ficou com investimento estimado em R$ 7.524.850,00, segundo maior valor. A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Turismo possui despesas de R$ 4.381.300,00.

Jornal Midiamax