Prefeitos do municípios de Mato Grosso do Sul que integram os grupos de risco de contágio da poderão ser representados pelos vice-prefeitos nas eleições dos membros da Diretoria Executiva, Diretoria Auxiliar e Conselho Fiscal da (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

Conforme publicado no Diário Oficial da associação nesta quarta-feira (27), a resolução 2ª prevê que a representatividade nas eleições será desempenhada mediante a apresentação de procuração com poderes específicos, caso o prefeito associado for do ou estar impossibilitado de comparecer à votação.

A votação para o biênio 2021-2022 foi previamente designada para ser de forma presencial, nas dependências da entidade, em , no dia 29 de janeiro de 2021. Ainda segundo a publicação, o ato será realizado por conta da “relevância da realização das eleições”.