Política / Transparência

Diretor-geral da PF troca comando de delegacia responsável por operações e armas em MS

Fernando Araújo Campos assume a Delegacia Regional Executiva da superintendência sul-mato-grossense

Jones Mário Publicado em 04/06/2021, às 19h22

Sede da Superintendência Regional da PF em Campo Grande
Sede da Superintendência Regional da PF em Campo Grande - Marcos Ermínio/Midiamax

O diretor-geral da Polícia Federal Paulo Maiurino trocou o comando da Delegacia Regional Executiva da Superintendência de Mato Grosso do Sul. Em portaria publicada hoje (4), o chefe da força de segurança designou o delegado Fernando Araújo Campos para o cargo.

Campos entra no lugar de Fabricio Martins Rocha, que ocupava a função desde outubro do ano passado. O substituto eventual do delegado regional executivo também foi trocado - sai Leonardo Nogueira Rafaini para dar vaga a Fabricio de Azevedo Carvalho.

Mudanças em posições estratégicas nas superintendências regionais são comuns após as trocas em instâncias superiores. Em abril, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nomeou Anderson Torres para ministro da Justiça, que por sua vez escolheu Paulo Maiurino para dirigir a Polícia Federal.

Nesta esteira, caiu Marcelo Correia Botelho da superintendência regional da PF em Mato Grosso do Sul para dar lugar ao delegado Chang Fan, em maio.

A Delegacia Regional Executiva é subordinada à superintendência regional, mas comanda divisões importantes como o Núcleo de Operações e as Delegacias de Polícia de Imigração e de Controle de Armas.

Seu novo comandante, Fernando Araújo Campos, já foi denunciado pelo MPF (Ministério Público Federal), em 2019, acusado com outros colegas de manipular escutas telefônicas para proteger o também delegado Denis Colares de Araújo - flagrado nos grampos em conversa amistosa com o fazendeiro Dionei Guedin, preso em 2016 por suposto envolvimento na morte do agente de saúde indígena Clodioude Aquileu Rodrigues de Souza. A Justiça Federal não aceitou a denúncia.

Jornal Midiamax