Política / Transparência

SED prorroga mandato de diretores e divulga relação dos indicados para escolas de tempo integral

O mandato dos atuais diretores e diretores adjuntos escolares foi prorrogado por mais quatro meses, ou seja, até abril de 2020, quando terão as novas eleições para diretores das escolas estaduais de Mato Grosso do Sul. A SED (Secretaria Estadual de Educação) também publicou os nomes dos professores indicados para diretores nas escolas de tempo […]

Renata Volpe Publicado em 02/01/2020, às 11h12

(Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)
(Foto: Marcos Ermínio, Midiamax) - (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)

O mandato dos atuais diretores e diretores adjuntos escolares foi prorrogado por mais quatro meses, ou seja, até abril de 2020, quando terão as novas eleições para diretores das escolas estaduais de Mato Grosso do Sul. A SED (Secretaria Estadual de Educação) também publicou os nomes dos professores indicados para diretores nas escolas de tempo integral. 

A prorrogação foi divulgada pela SED (Secretaria Estadual de Educação) no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (2), em vários municípios do Estado. 

Conforme a lei em vigor desde 18 de dezembro de 2019, que trata sobre a eleição de diretores, os atuais dirigentes escolares ficam nos cargos por mais 45 dias, contados a partir do início do ano letivo, que é em 17 fevereiro. 

O mandato do diretor eleito vai acabar em 31 de dezembro de 2023. Clique aqui para conferir os nomes dos diretores que permanecem no cargo até 1º de abril, a partir da página 51.

Desde que o Governo Reinaldo Azambuja (PSDB) assumiu o comando do Estado, já prorrogou por duas vezes as eleições para diretores. A última vez que a comunidade escolar foi às urnas foi em seu primeiro ano de mandato, em 2015.

A SED também designou os diretores e diretores adjuntos para as escolas de tempo integral no Estado. A validade é a partir de 1º de janeiro de 2020 até 31 de dezembro de 2023.

As escolas em tempo integral são em Amambai, Anastácio, Aquidauana, Bela Vista, Camapuã, Campo Grande, Cassilândia, Corumbá, Coxim, Dourados, Fátima do Sul, Jaraguari, Jardim, Maracaju, Miranda, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo, Sidrolândia e Três Lagoas.

Clique aqui para ver os nomes dos diretores indicados, a partir da página 74.

Sem eleição

Escolas de tempo integral não terão eleição, porque, conforme a secretária de Educação, Maria Cecília Amendôla da Motta, por se tratar de prerrogativa de decretos do Governo Federal.Com isso, os diretores são indicados pelo governo.

Jornal Midiamax