Governo reajusta em R$ 1 milhão contrato com a herdeira da Itel Informática

Um contrato assinado inicialmente em maio de 2015, com a Itel Informática, foi reajustado nesta terça-feira (18), quase 40 meses após a celebração, em pouco mais de R$ 1 milhão. Desta vez, a Itel foi substituída pela Mil Tec Tecnologia da Informação. De acordo com publicação no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, o contrato […]
| 18/09/2018
- 16:32
(Arquivo)
(Arquivo) - (Arquivo)
Governo reajusta em R$ 1 milhão contrato com a herdeira da Itel Informática
Secretaria de Educação contratou serviços da Itel (Foto: Divulgação)

Um contrato assinado inicialmente em maio de 2015, com a , foi reajustado nesta terça-feira (18), quase 40 meses após a celebração, em pouco mais de R$ 1 milhão. Desta vez, a Itel foi substituída pela Mil Tec Tecnologia da Informação.

De acordo com publicação no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, o contrato inicial teve um ‘reajustamento do preço dos serviços contratados’, ‘com base nos índices do IGP-M (FGV), no período de 05/2017 a 04/2018’.

O extrato de hoje dá conta que o valor mensal do contrato passará a ser de R$ 937.536,65 (Novecentos e trinta e sete mil, quinhentos e trinta e seis reais e sessenta e cinco centavos) perfazendo o valor global de R$ 11.250.439,80 (Onze milhões, duzentos e cinquenta mil, quatrocentos e trinta e nove reais e oitenta centavos).

O extrato do primeiro contrato, publicado em 27 de maio de 2015, previa, por parte da SED (Secretaria de Estado de Educação), a ‘contratação de empresa especializada em prestação de serviços de informática’, no valor de R$ 9.979.200,00 (nove milhões novecentos e setenta e nove mil e duzentos reais).

Assinaram o contrato em 2015 a titular da SED, Maria Cecilia Amendola da Motta, e o empresário João Roberto Baird, pela Itel, que posteriormente foi substituída pela Mil Tec. O extrato do II termo de apostilamento publicado hoje conta com assinatura apenas da secretária de educação.

Veja também

Prefeitura de Campo Grande estima gastar até R$ 805 mil nas obras previstas na licitação

Últimas notícias