Cerca de 26 mil servidores são vinculados à Ageprev

A questão previdenciária tem sido uma dos principais problemas a serem resolvidos pela gestão de Reinaldo Azambuja (PSDB). No final de 2015, o tucano revelou que o déficit mensal da Previdência Estadual chegava a quase R$ 80 milhões.

Nesta segunda-feira (23), por meio do Diário Oficial do Estado, Azambuja autorizou abertura de crédito suplementar de R$ 200 milhões à Agrepev (Agência de Previdência Social de Mato Grosso do Sul).

Ao todo, a suplementação publicada nesta segunda-feira é de R$ 204,8 milhões, sendo que parte de valor, R$ 4,8 milhões, são frutos de cancelamento de outras pastas da administração pública.

A LOA (Lei Orçamentária Anual) de 2016, previa investimentos de R$ 1,4 bilhão para a previdência estadual, a pasta responsável por gerir estes recursos, a Ageprev, é comandada por Jorge Martins.

Segundo o governo, atualmente existem 26,8 mil servidores públicos estaduais segurados no sistema previdenciário.