Aviso foi publicado nesta quarta (13) no Diogrande

A Prefeitura de Campo Grande lançou nesta quarta-feira (13) para contratar uma série de serviços na área de informática. O setor é dominado por empresas ligadas a , que já foi alvo de denúncias sobre licitações supostamente feitas com cartas marcadas para beneficiá-lo.

O aviso de licitação da concorrência número 009/2015 está publicado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande). Cita que tem por objeto a “contratação de empresa especializada para prestação de serviços de informática visando a disponibilização, operacionalização de solução em sistema de informação, atividades de implantação, migração de dados, integração com sistemas legados, manutenções corretivas, preventivas e evolutivas, implementações e ajustes necessários para a operacionalização do mesmo, enquanto da vigência do contrato, em atendimento ao Instituto Municipal de Tecnologia da Informação de Campo Grande e a Secretaria Municipal de Receita”.

Conforme a publicação, as propostas serão abertas no dia 30 de junho, às 8h, na Central Municipal de Compras, que fica dentro do Paço Municipal. A licitação é na modalidade “técnica e preço”.

Em outubro de 2014, a , que pertence a João Baird, chegou a vencer licitação para prestar serviços de informática à Prefeitura de Campo Grande, no valor de R$ 14 milhões. No entanto, mediante denúncia de que o edital tinha sido feito para beneficiar a empresa, o contrato nunca chegou a ser firmado.

Ocorre que a Itel já presta serviços à Prefeitura, com quem mantém contratos superiores a R$ 13 milhões. Sem o novo acordo, os antigos continuaram a ser estendidos por meio de termos aditivos.

Saiba Mais