Política / Transparência

MPMS investiga superlotação em delegacia e nepotismo em hospital de MS

Processos de investigação foram publicados no Dário Oficial do órgão 

Midiamax Publicado em 24/11/2015, às 14h05

None
mpems.jpg

Processos de investigação foram publicados no Dário Oficial do órgão 

O MPE (Ministério Público Estadual) instaurou dois inquéritos civis para apurar irregularidades em Itaquiraí, município distante 395 quilômetros de Campo Grande. Denúncias apontam superlotação em delegacia e nepotismo no hospital da cidade.

Conforme edital nº 11/2015, publicado nesta terça-feira (24), no Diário Oficial do MPE, o inquérito civil 13/2015 visa apurar eventual superlotação de detentos provisórios, falta de estrutura material e de pessoal para abrigar elevado número de presos, além da insegurança e insalubridade nas celas da Delegacia de Polícia de Itaquiraí.

Já no inquérito civil 9/2015, a investigação gira em torno de irregularidades no Hospital da cidade. Conforme a denúncia, há indícios de nepotismo no órgão, em virtude da contratação de parente do vice- prefeito.

Ambos os inquéritos foram assinados pela promotora Bianka Machado Arruda Mendes.

Jornal Midiamax