Política / Transparência

Governo sanciona leis que fixam efetivos da PM e Corpo de Bombeiros

Até 2018, MS deverá ter 9.616 policiais militares

Midiamax Publicado em 06/10/2015, às 10h40

None
pm_efetivo_generica_dg.jpg

Até 2018, MS deverá ter 9.616 policiais militares

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul tem de chegar em 2018 com 9.616 integrantes. É o que define a lei complementar número 203, aprovada semana passada na Assembleia Legislativa e sancionada nesta terça-feira (6) pelo governo estadual.

Também há, nesta edição do Diário Oficial do Estado, sanção à lei complementar número 204, que fixa o efetivo do Corpo de Bombeiros em 3.732 integrantes. Por fim, foram sancionadas leis que alteram, acrescentam ou revogam legislações acerca da composição e funcionamento das corporações.

Anexo às leis complementares sobre o efetivo estão tabelas sobre a distribuição do pessoal nos postos e graduações. O número de integrantes da PM, por exemplo, deve partir de 9.142 este ano, para 9.300 em 2016 e 9.458 em 2017, até os 9.616 em 2018.

Clique aqui para ter acesso a todos os textos, publicados nas sete primeiras páginas do Diário Oficial do Estado.

Jornal Midiamax