Empreiteiros em estão espantados com a desfaçatez de cunhado nomeado operador de esquema ilícito. Segundo dizem, o sujeito tem nível tão baixo que assusta até os menos recatados. Chega falando alto e deixa explícito que acha normal cobrar propina.

Convocado para a função pelo irmão, dizem que o operador assusta meio mundo no gabinete da cunhada, cada vez mais isolada. “Já tem gente avaliando se compensa ficar perto desse povo. São muito primários e, se não saírem daqui de camburão, vão acabar de tornozeleira”, profetiza assessor.

Entre uma oração e outra, os ‘irmãos’ se reúnem para discutir descaradamente quem fica com o quê. Até empreiteiros em Campo Grande que não possuem exatamente um passado ilibado estão assustados.

“Esse estilo do cara já embolotou todo mundo. Quando a gente tem alergia, fica empolado. Aqui, estamos embolotados”, diz empresário em trocadilho com apelido do sujeito.

Como órgão que deveria investigar e atuar preventivamente é famoso pela inércia e blindagem dos corruptos em Mato Grosso do Sul, contratos com verbas federais devem garantir investigação e salvar a situação.

Empreiteiros em Campo Grande estão ‘vacinados’

No entanto, como já estão ‘vacinados’ contra alguns tipos de rolo, empreiteiros em Campo Grande já tomaram medidas preventivas e a atuação está monitorada de perto.

Além disso, todos comentam o quanto os irmãos, ao contrário da família, famosa no Alto Amambai, pensam pequeno.

Assim, em recente movimento, dizem que contrato de varrição foi estopim para crise que expôs um monte de gente. “Ficam brigando pela migalha enquanto tem gente comendo o filé”, revela empreiteiro.

Sabe de algo que o público precisa saber? Fala pro Midiamax!

Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do Jornal Midiamax!

E você pode ficar tranquilo, porque nós garantimos total sigilo da fonte, conforme a Constituição Brasileira.

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.